A Redação E O Bloqueio Na Escrita

12 May 2019 01:42
Tags

Back to list of posts

<h1>Curso Estudo E Memoriza&ccedil;&atilde;o Do Renato Alves</h1>

<p>Desde que lan&ccedil;ou seu primeiro disco, Get Lifted, John Legend tem se tornado uma das principais fontes pela m&uacute;sica negra norte-americana. Essa participa&ccedil;&atilde;o acabou marcando uma permanente em sua carreira: as parcerias, realizadas em todos os trabalhos lan&ccedil;ados por ele at&eacute; hoje. Kanye West, tamb&eacute;m produtor de seus &aacute;lbuns, Jay Z, Alicia Keys, Snoop Dogg e at&eacute; a brasileira Ana Carolina, com quem gravou em 2009, foram alguns dos artistas que acabaram auxiliando na populariza&ccedil;&atilde;o de sua m&uacute;sica.</p>

<p> Pois Est&aacute; Tudo A Correr Bem? concedida ao Terra no &uacute;ltimo domingo (29), a poucas horas de tua apresenta&ccedil;&atilde;o no Urban Music Festival, na Arena Anhembi, em S&atilde;o Paulo. Do hotel onde estava hospedado pela capital paulista, o m&uacute;sico ganhou a reportagem e dialogou sobre o assunto todos esses assuntos, e tamb&eacute;m alguns outros, como tua carinho na bossa nova e pelo trabalho da cantora Maria Rita. Confira a entrevista pela &iacute;ntegra a acompanhar.</p>

<p>Terra - De que forma apareceu essa ideia da parceria com o The Roots, enorme nome do hip hop norte-americano e com quem hoje em dia voc&ecirc; est&aacute; em turn&ecirc;? John Legend - Foi uma ideia que surgiu em 2008, quando eu estava fazendo muita campanha para o Obama, me envolvendo com a elei&ccedil;&atilde;o e pensando em como modificar a Am&eacute;rica e transform&aacute;-la em um espa&ccedil;o melhor. E eu pensei que seria divertido fazer um projeto musical que refletisse as coisas que estavam acontecendo no pa&iacute;s. Leia A &iacute;ntegra Do Discurso De Obama A respeito Jovem Negro Falecido /p&gt;
</p>
<p>Terra - N&atilde;o &eacute; a primeira vez que voc&ecirc; faz parcerias. Realmente, sua curta carreira &eacute; recheada por can&ccedil;&otilde;es e discos com participa&ccedil;&otilde;es de outros artistas, uma quest&atilde;o que, naturalmente, popularizou seu nome pela m&uacute;sica pop. Qual &eacute; o peso que voc&ecirc; oferece a essas parcerias para o seu sucesso?</p>

<p>John - Eu gosto muito de fazer colabora&ccedil;&otilde;es visto que, se voc&ecirc; trabalha com uma pessoa que &eacute; excelente, possivelmente isso vai trazer aquilo que h&aacute; de melhor em voc&ecirc; e o far&aacute; soar melhor e fazer coisas que sozinho talvez n&atilde;o fizesse. Portanto, particularmente nesta parceria com o The Roots, eu queria fazer algo realmente com muito motivo, com muita esperan&ccedil;a, e, musicalmente, algo que me deste orgulho.</p>

<p>Naturalmente, as parcerias t&ecirc;m um peso, por&eacute;m &eacute; dificultoso mensurar seu tamanho. Terra - Voc&ecirc; fala com muito gosto da parceria mais recente, com o The Roots. Ela foi a favorita de sua carreira ou voc&ecirc; tem algum nome com o qual teve mais orgulho de trabalhar? John - Bem, essa vem sendo fant&aacute;stica, por&eacute;m eu tamb&eacute;m tenho trabalhado com Kanye West neste instante h&aacute; muito tempo.</p>

<p>N&oacute;s nos conhecemos em 2001 e come&ccedil;amos a trabalhar juntos de imediato naquela &eacute;poca. Terra - Alguma data para lan&ccedil;ar o pr&oacute;ximo &aacute;lbum? John - Ser&aacute; em 2012, n&atilde;o h&aacute; d&uacute;vida. Lan&ccedil;arei um single no conclus&atilde;o deste ano e o &aacute;lbum no come&ccedil;o do ano que vem. Terra - Desejaria de saber de que forma apareceu a chance de trabalhar com Ana Carolina, cantora brasileira com quem voc&ecirc; gravou Entreolhares (The Way you look at me) em 2009?</p>
<ul>

<li>2002 and 2006). - Qual A Diferen&ccedil;a Entre P&oacute;s-Gradua&ccedil;&atilde;o Lato Sensu E Stricto Sensu? , v. 4, p. 10-32, 2010</li>

<li>4: O col&eacute;gio possibilita e fornece credibilidade &agrave; participa&ccedil;&atilde;o dos pais nas atividades da faculdade</li>

<li>2 Ta&ccedil;a dos Invictos</li>

<li>Distanciamento cr&iacute;tico</li>

<li>45-cinquenta Gradua&ccedil;&atilde;o em Pedagogia Entre dez e vinte anos</li>

</ul>

<p>John - Bem, foi uma ideia da minha gravadora, a Sony nesse lugar do Brasil. Eles acharam que seria excelente se eu colaborasse com Ana. Ela &eacute; uma artista t&atilde;o talentosa e obviamente &eacute; super bem sucedida por aqui. Eu argumentou, &quot;claro, vamos fazer&quot;. Ela me mandou a m&uacute;sica em portugu&ecirc;s e eu escrevi a letra em ingl&ecirc;s baseada pela letra original. N&oacute;s gravamos separadamente a princ&iacute;pio e depois fizemos o v&iacute;deo e nos apresentamos juntos duas vezes.</p>

<p>E vamos fazer isso novamente esta noite (domingo, 29 de maio, no Urban Music Festival). Edital Do Concurso Detran-SP &eacute; Previsto Ainda Para Este M&ecirc;s De Junho - Como &eacute; fazer uma m&uacute;sica em duas l&iacute;nguas totalmente diferentes? Primeiro, Ana precisou me explicar bem o que a letra significava, assim eu recebi uma tradu&ccedil;&atilde;o da m&uacute;sica e escrevi de uma maneira que soasse bem em ingl&ecirc;s. Voc&ecirc; n&atilde;o pode fazer uma tradu&ccedil;&atilde;o ao p&eacute; da letra visto que ela deve soar bem nas duas l&iacute;nguas.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License